top of page

O que é Git?

Git

Se você está envolvido no mundo da tecnologia e programação, provavelmente já ouviu falar do Git. Mas o que exatamente é o Git? Ele tem alguma relação com o GitHub? E como essa ferramenta pode beneficiar programadores ao redor do mundo? Vamos explorar essas questões e aprender alguns comandos básicos para começar a usar o Git.


O que é Git?

O Git é um Sistema de Controle de Versões Distribuído (DVCS). Ele foi criado por Linus Torvalds, um renomado engenheiro de software também conhecido por desenvolver o núcleo Linux.


Os DVCS, como o Git, registram as alterações feitas em um código, armazenando essas informações e permitindo que os responsáveis pelo código possam retornar a versões anteriores de forma fácil e rápida. Isso simplifica o processo de compartilhamento de um projeto entre vários programadores.


Vamos entender alguns conceitos básicos do Git para facilitar seu uso e entendimento.


Repositório

Os repositórios são ambientes criados para armazenar o código. Eles podem ser públicos ou privados, locais ou remotos, e você pode ter vários deles. Além de códigos, os repositórios podem conter outros tipos de arquivos, como imagens e áudios, relacionados ao seu projeto.


Nos repositórios públicos, outros programadores podem acessar seu código via GitHub, permitindo que clonem o repositório para adicionar melhorias.


Branch

A branch é uma versão do projeto ou uma ramificação, como é comumente chamada. As branches são úteis porque permitem que você organize e gerencie diferentes alterações simultaneamente.


Merge

Merge é o processo de unificação das modificações feitas em uma branch do código-fonte. Ele combina as alterações de diferentes branches em uma única versão.


Fork

Fork é o processo de copiar um repositório para a sua máquina local. Esse comando é essencial quando um desenvolvedor precisa pegar um código público para trabalhar, utilizando um editor de código local ou interno.


Principais Comandos


Abaixo, trouxemos uma pequena lista de alguns dos comandos mais usados no Git e para que eles servem.


  • Init: Cria um novo repositório Git, seja ele local ou remoto, ou reinicializa um repositório existente.

  • Clone: Faz uma cópia de um repositório existente para outro ambiente, como um editor de códigos (ex: VSCode).

  • Add: Adiciona um arquivo alterado à área de preparação (staging area), preparando-o para ser incluído em um commit.

  • Commit: Move os arquivos da área de preparação (staging area) para o repositório local, registrando uma nova versão do projeto.

  • Push: Envia os commits do repositório local para um repositório remoto, como o GitHub.

  • Pull: Puxa as alterações de um repositório remoto para o repositório local, atualizando-o com as últimas modificações.

  • Merge: Combina as alterações de diferentes branches com o branch principal do projeto.

  • Log: Exibe o histórico de commits, permitindo ver as mudanças feitas por um usuário ou acessar uma versão específica do projeto.


GitHub


O GitHub é amplamente conhecido entre os programadores e, para alguns, é visto como uma rede social profissional para profissionais de TI, sustentada pela tecnologia Git. Sendo uma plataforma totalmente online que permite que seus usuários criem seus repositórios e façam sua hospedagem de seus projetos, permite a colaboração com softwares Open Source e a interação com outros usuários, é uma rede social de programadores vendo dessa maneira.


As principais diferenças entre o Git e o GitHub, são nas ferramentas de interação que a plataforma do GitHub proporciona para seus usuários, e atualmente ele é o maior repositório de softwares de código aberto da internet, tendo grandes colabores como a Microsoft. O Git, por outro lado, é um sistema de controle de versão distribuído que permite que os desenvolvedores rastreiem mudanças no código-fonte ao longo do tempo. A principal diferença entre eles está na maior incremento de funcionalidades extras de interação feitas pela plataforma do GitHub.


Então, se você tinha dúvidas sobre usar ou não o Git, fique sabendo que ele vai contribuir muito para a sua carreira de programador.


No programa Full Stack da StackX, além de aprender os fundamentos de lógica e as principais linguagens do mercado, tanto de front-end quanto de back-end, você também vai aprender a utilizar o Git e o GitHub.


É por meio deles que nossos alunos fazem o gerenciamento de seus projetos e interagem entre si, conectando-se ativamente no GitHub. Se você curtiu o conteúdo e ficou interessado em entrar na área da programação, conheça mais sobre nosso programa Full Stack e inicie sua nova jornada no mundo da tecnologia e do desenvolvimento!

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
  • Instagram
  • LinkedIn
  • Facebook
bottom of page